Arquivo da tag: Fisica

Bolo de caneca, ou Fisica na receita de um bolo

Recebi a receita de um Bolo de Chocolate de caneca, e por ser bem simples e rápido (Assa em 3minutos no microondas) é ótimo para entreter crianças (se bem que um Wii[bb] seria mais efetivo).

A Receita Pede: Materiais:

  • Caneca de no minimo 300mL
  • Colher de Sopa para medidas
  • Garfo para misturar (eu prefiro)
  • 1 Ovo pequeno
  • 4 Colheres de Sopa de Leite
  • 3 Colheres de Sopa de óleo
  • 4 Colheres de Sopa de Chocolate em pó (pode ser achocolatado)
  • 3 Colheres de Sopa de açúcar
  • 4 Colheres de Sopa de Farinha
  • 1 Colher de Café de fermento

Procedimento experimental: Misture os líquidos (ovo, leite e o óleo) na caneca, na sequência misture a açúcar e o achocolatado. Por ultimo, adicione a farinha, neste passo a receita pede para misturar suavemente e adicionar o fermento, mas não acho necessário* (explicações no final do artigo). O Resultado será algo pastoso, mas bem liquido ainda:

A Gororoba que resulta

Leve o Bolo para o microondas[bb] por 3 minutos. Se quiser ficar observando, é bem interessante, pois o bolo cresce e salta para fora da caneca, mas quando termina os 3 minutos, ele dá uma recuada.

Pronto, é só retirar a caneca, retirar o bolo da caneca (ou cobri-lo com leite condensado, ou qualquer coisa do seu gosto).

* O fermento na realidade é uma colonia de bactérias (eu sei, a realidade é uma merda mesmo), que “reage” com o açúcar produzindo CO2 e álcool. O que acontece é que com o Calor do forno (a gás) as bactérias acabam se proliferando mais rapidamente, por isso comem muito açúcar e produzem muito álcool, elas morrem, o álcool evapora, e o CO2 ajuda a deixar o bolo fofinho. Nesta receita, o microondas não aquece a mistura, mas agita as moléculas de H2O, por isso as bactérias morrem (por aquecimento) antes mesmo de ter o efeito desejado. O Legal é que, com a agitação do liquido, acaba desprendendo bastante O2 (o mesmo que sobe na fervura de água, por exemplo) e isso faz a “aeração do bolo”

Já me corrigiram, mas não tinha editado o post, ao invez disso, indico a leitura do excelente comentario do Luiz Almeida. Luiz, Obrigado pelo excelente comentário.