Arquivo da tag: carnaval de blogs

Itu uma Grande cidadezinha

Caderão para adultos

Post participando do carnaval de blogs

A uns 5 meses me hospedei num chalé em um camping em Itu (interior de São Paulo) com minha noiva, na época eu não tinha comentado, mas eu sou apaixonado pela cidade, vou comentar aqui sobre ela.

Os portugueses estabeleceram-se em Itu, em 1610, com a ação do bandeirante[bb] Domingos Fernandes, que criou a freguesia em 1653. Em 1822, ganhou o título de Fidelíssima do Imperador Dom Pedro I por sua posição a favor da independência[bb]. Em 1842 foi elevada a cidade. Por anos, Itu foi considerado o município mais rico da Província de São Paulo, com importante participação na vida política e econômica.

Itu foi, o berço do Movimento Republicano que resultou, em 1873, na realização da Primeira Convenção Republicana do país, chamada de Convenção de Itu. Por isso, Itu é chamada de “Berço da República”. O município é também a terra natal de Prudente de Morais, primeiro presidente civil da República.

fonte: wikipedia

Cidade do Exagero

Itu recebeu este apelido pelo comediante Francisco Flaviano de Almeida, o Simplício, que em um dos quadros que fazia na TV, ele entrava em cena com a mulher, Ofélia, e dizia o texto (com um carregado sotaque interiorano): “Vai, Ofélia, diga para o homem de que tamanho é a abóbora lá de Itu!” – ao que a mulher respondia, abrindo os braços: “É deste tamanho!” – e ele retrucava, bravo: “Não Ofélia, não é a pitanga, é a abóbora!”.

E Claro, Após esta fama, implementaram no centro da cidade um Sinaleiro (semáforo) gigante, um orelhão gigante e o mais legal, as lojas de souveniers, aonde você pode comprar por exemplo uma borrachinha de Itu, ou um rolo do papel higiênico Veludo.

CaderãoCartão Postal 2LodjinhaMais da LodjinhaMais semaforãoPapel Higienico Veludo.

A ciddade

A cidade em si é uma graça. Casarões antigos, bem estilão europeu. O centro é repleto desta bela arquitetura.

Casa do BarãoIgrejaMatriz de ladinho

Uma das coisas que me fascina nesta cidade é ela ser relativamente metropolitana, mas bem sossegada ao mesmo tempo. Tem indústrias próximas fazendo com que seja um local interessante para morar (Se eu for sair de São Paulo, Itu seria um dos principais candidatos a lar).

Existe também vários pontos turísticos[bb] que valem a pena ser visitado, como a fazenda do chocolate, o aeroclube, o centro, e etc…

Se for visitar a cidade, considere a possibilidade de ficar em um camping, nós ficamos no Chapéu de Sol, mas eu já fiquei também no Casarão, ambos muito bons (O Chapéu de Sol é bem mais próximo da cidade).

Nem tudo é grande (reclamação)

Tenho duas reclamações. São pequenas, mas…

1. Os souvenirs são legais, mas são coisas que, depois da graça inicial, não servirão para mais nada. Tipo uma borracha gigante. Seria interessante vender, por exemplo, copo caldereta[bb] (imagem) com o logo do Jose Cuervo[bb], como se fosse um copo de tequila gigante. Tipo, souvenirs uteis.
2. Não encontrei o Chopp que o conhecido do Emerson Alecrim citou nos comentários 🙁 😛

Quando estiver indo embora, pegue a Rodovia Marechal Rondon sentido Bandeirantes, e pare na frutaria Marechal Rondon. Experimente o Quiche de peito de Peru, com um suco de manga com framboesa.

Update:

Esqueci de citar 2 reclamações que tenho com relação a cidade.