Arquivos da categoria: conversa de bar

Revisão das previsões de 2008

Como qualquer pizzaria que tenha mais de 2 anos, já posso dizer que é uma tradição aqui no meu blog traçar as metas do ano e as rever no final do mesmo.

Vamos sem enrolação falar dos objetivos de 2008 e comentar sobre eles.

Comprar um notebook[bb]: Acabei comprando um um kit para minha casa (Placa mãe, memoria e processador) e estou com um notebook que é…

Voltar a trabalhar com automação: … do meu novo antigo emprego. Eu voltei na empresa que eu estava no começo do ano passado, e estou muito bem, apesar de estar cheio de trabalho. Mas a vantagem de trocar de emprego é valorizar detalhes que você não se importava antes.

Fazer cursos de programação: Fiz alguns cursos de programação, mas de equipamentos específicos em minha área, automação. Pretendo agora em 2009 me dedicas a web.

Lançar algum projeto web: Criei mais um blog, mas tive alguns problemas com ele e acabei perdendo todo o banco de dados.

Comprar um Nintendo Wii[bb] e um Nintendo DS[bb]: Comprei um Nintendo DS no Mercadolivre com um ótimo vendedor. O Wii fica para depois, como pretendo casar em 2010, preciso juntar dinheiro, por isso estou em fase de contenção de despesas 🙂 (Ah, comprei um ipod touch[bb] pois era um dos meus desejos de tempos.

Perder Peso: É essa eu estou devendo. Meu peso oscilou bastante neste ano, mas no final deu uma subida feia. O iPod touch é um acessório que pretendo que me ajude a perder peso, mas agora só ano que vem

Ajudar mais: Este ano fiz alguns trabalhos voluntários, adotei uma criança no centro espírita que eu frequento*, doei mais de R$200 em alimentos para os desabrigados de floripa. Poderia ter feito mais, mas meu ano foi muito corrido, profissionalmente falando.

Bom, o balanço geral acho que esta bem positivo, espero que ano que vem consiga cumprir mais metas como essas e que o ano seja profissionalmente bom, como foi em 2008.

*o centro tem algumas creches e eles inentivam a nós adotarmos uma criança para dar presentes de natal para ela

Trabalhe no que gosta…

…e nunca precisará trabalhar na vida.
Nizan Guanaes

Ano passado entrei em uma empresa que tinha um otimo sistema para ser vendido, complexo e cheio de detalhes, eu que adoro este tipo de trabalho, fiquei interessadissimo. Ainda mais com a comissão que teria em cada sistema implantado.
A empresa não tinha ninguem especializado em automação, eu resolvi encarar. Alguns meses depois, a diretoria da empresa não tinha mais “confiança” neste projeto, pois os resultados demoraram a aparecer. Então fiquei na empresa mas fui para outra area (o segmento principal da empresa).
Um amigo me disse uma vez que “Em todo emprego tem um trabalho que não gostamos de fazer”. Neste caso o problema é que meu trabalho era exatamente o que eu não gostava. Eu que adoro desafios, tinha que fazer furo em maquinas, fixar equipamento e praticamente só plugar na tomada, sem nenhum desenvolvimento, desafio… nada !

Inicio de Fevereiro (na verdade na semana do carnaval), meu ex patrão me ligou pedindo um frellas, e quando perguntou se eu conhecia alguem a fim de ir para automação, não pensei duas veses, e cá estou.

Reiniciei na empresa já com uma bucha na mão. Uma empresa que estava com uma maquina importante parada, e eu precisava projetar, toda a parte elétrica da maquina, programar e startar. Resultado ? Começei jaátrabalhando até tarde por umas 3 semanas, indo de casa para a empresa do cliente. Morreu uns sábados nesse meio, quando terminou, vi que tinha refeito a maquina toda, estufei o peito de satisfação, porque apesar de todos os problemas, trabalhar com que gosta, realmente é não ter que trabalhar.

Who is Hero !?

Alguns filmes querem nos enganar transformando drogados em herois, como por exemplo o filme “Cazuza[bb]“, por exemplo, mostrou um cara totalmente desregrado, sem limites que não estava nem ai com ninguem, fazendo com que os pais só sofram.

No “Meu nome não é Johnny[bb]” mostrou tambem um moleque que estava toatlmente incontrolavel. ele até “respeitava” os pais dele, mas mesmo quando o João Guilherme fazia uma merda, erá afagado pelo pai.

Então me lembrei do Filme “The Doors[bb]” que mostra um dos caras mais loucos que eu já ouvi, Jin Morrison, e advinhem ? Outro chapado. Ainda tentam mostrar que o cara é meio mistico, bruxo, mas na verdade é um fanfarrão que só queria saber de wishy e pegar mulé !

Por isso acho que é interessante conhecer seu idolo, antes de adora-lo. Estes caras viveram intensamente, mas todos, morreram muito jovem, ou são sequelados até hoje, vide Ozzy Osbourne[bb].

ps: engraçado, quando iniciei este post, ele tinha outro tema, abordagem, mudei a porra toda :p

Minha vida de Rock

Este post pertence a blogagem coletiva iniciado pelo blog defenestrato

É engraçado pensar como comecei a gostar de rock, porque, quando era moleque, o radio nunca tinha me atraído. vou citar alguns fatos que me conduziram a amar musica, especialmente Rock.

Em 1989/1999, em um aniversario de uma tia, estava tocando As Quatro Estações – Legião Urbana[bb], e em um determinado momento, vi que todos estavam cantando Pais e filhos, juntos. Foi algo marcante.

Meu pai ouve bastante Johnny Rivers[bb], Creedence Clearwater Revival[bb], entre outros, mas Johnny e CCR sempre me marcaram mais.

Em um passeio para Mairiporã, paramos em uma kombi que ficava a beira da represa, e tinha uns Malucos Beleza ouvindo Led Zeppelin[bb], The Doors[bb] e Raul Seixas[bb], em um opalão amarelo…

E para arrematar um grande amigo me apresentou Pink Floyd[bb] que de longe é a minha banda favorita (como pode ser conferido em meu last FM)

Saindo do ensino fundamental, eu fiz o ensino médio técnico (fui a ultima turma desta modalidade no Senai Anchieta), e no colégio técnico tive contato com varios tipos de musica, e ouvia basante Punk Rock, com Pennywise, Green Day e Offspring. mas me aprofundava mais e mais em clássicos como Janis Joplin[bb], Jimmy Hendrix[bb], The Doors e Led Zeppelin.

Posso passar horas conversando sobre rock, como o john Borran era um monstro na batera, ou como o tempo Judiou do Plant, ao contrario do Guilmor 😉

Por isso, em homenagem ao dia do Rock, fiz uma Lista de reprodução do Youtube, com a nata do que eu acho bom no Rock. Videos selecionados a dedo, com Rock em sua essência, como por exemplo, este estupendo solo de bateria do melhor baterista dos mundos, john Bonhan, veja que ele começa este video batendo com as mãos. Daria vários anos da minha vida para poder ter assistido este show ao vivo.

Esta playlist pode ser vista no seguinte link

Participaram desta blogagem coletiva os seguintes blogs:
defenestrato
A Grande Abobora
Blog do Ronaldo
Brejo do Sarneba
Criticas Construtivas
Dente Preto
Dudu Tomaselli
Leite de Vaca
Milhouse Blog
Multiverso Quântico
Revista Música
Riffs & Solos
Teoria Glacial